Laelia pumila Alba

Laelia pumila alba

Laelia pumila alba

A Laelia é uma espécie de hábito epífito e litófita. São endêmicas desde o México até a América do Sul. Este gênero é estreitamente relacionado com o gênero Cattleya. A diferença principal entre as Laelias e as Cattleyas é que as Laelias têm oito polínias em cada flor, e as Cattleyas têm quatro.

Esta Laelia pumila Alba (foto), foi campeã na Exposição Internacional de Tóquio em 2002, sendo trazida para o Brasil apenas três plantas. Além desta, pertencente ao Orquidário Márcio Silveira, outras duas pertencem a orquidófilos do estado de São Paulo. Sua beleza é rara, assim como sua cor e forma.

Muitas espécies do gênero Schomburgkia foram transferidas para este gênero. Todas as espécies deste gênero com anterior ocorrência para o Brasil foram transferidas para outros gêneros. No ano de 1968 H.G.Jones transferiu as espécies da subseção Parviflorae, litófitas, endêmicas dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo, para o gênero Hoffmannseggella, como anteriormente sugeridas por F.C.Hoehne. Segundo van den Berg & M.W.Chase as espécies brasileiras pertencentes agora ao gênero Sophronitis (In: van den Berg & M.K.Chase. Lindleyana 15(2):115-119, 2000). Para Chiron & Castro Neto as espécies brasileiras foram divididas em quatro gêneros sendo estes Dungsia, Hadrolaelia e Microlaelia sendo que Hoffmannseggella foi reestabelecido (In: Chiron & Castro Neto. Richardiana 2(1): 4-28, 2002).

This entry was posted in Artigos.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

*
*